Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Inês Aires | Nutricionista

Inês Aires | Nutricionista

Dom | 29.07.18

Sorvetes cremosos de fruta

 

LRM_EXPORT_20180820_111233.jpg

 

Estes sorvetes são todos feitos com o mesmo ingrediente-base: banana congelada. A banana confere-lhes a cremosidade e a doçura desejáveis num gelado, dispensando a adição de açúcares ou gordura. Depois é só aliar alguma criatividade, fazendo junções deliciosas com outros ingredientes saudáveis!

 

Ingredientes (por pessoa):

  • 1 banana (ou meia banana) congelada
  • outras frutas congeladas
  • cacau magro em pó
  • entre outros

 

Preparação:

  • Congele com antecedência algumas bananas maduras (descascadas) e outras frutas a seu gosto (morangos, frutos silvestres, kiwi, manga, entre outras), descascadas e/ou lavadas.
  • Retire a fruta do congelador cerca de 20 minutos antes de preparar os gelados. Passados os 20 minutos, corte a banana em rodelas, coloque-a numa máquina própria para fazer sorvetes de fruta congelada (a minha é do Lidl) ou num processador de cozinha (Bimby ou semelhante) e triture até ficar com a consistência cremosa de um gelado.
  • Pode fazer sorvete simples de banana (e polvilhar, por exemplo, com canela em pó no final) ou pode juntar outros ingredientes à banana no processador. Desta vez, fiz 3 sorvetes diferentes: 1 simples de banana, outro de banana e morango (neste caso coloquei apenas meia banana e cerca de 12 morangos médios) e outro de banana com cacau magro em pó (adicionei 3 colheres de sopa juntamente com 1 banana).
  • Pode servir de imediato ou levar ao congelador para solidificar mais.

 

LRM_EXPORT_20180820_111231.jpg

 

Sabia que?

Pode adicionar outros ingredientes, como frutos oleaginosos (noz, amêndoa, avelã...), ervas aromáticas (manjericão, hortelã...), café, coco, entre outros, consoante o seu gosto. Importa escolher ingredientes o mais naturais possível, sem adição de açúcar/sal ou outros aditivos, com teor de gordura moderado ou compostos essencialmente por gorduras insaturadas (como é o caso dos frutos oleaginosos).

 

Dom | 22.07.18

Tártaro de atum e manga

 

AirBrush_20180722195828.jpg

 

Esta é uma receita fresca e saudável, uma combinação irresistível de ingredientes e sabores, perfeita para uma refeição leve de verão.

 

Ingredientes (para 2 pessoas):

  • 200-250g de bifes de atum
  • 1 manga
  • meio pepino
  • 1 colher de sopa de cebola roxa
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1 colher de café de flor de sal
  • gengibre fresco ralado
  • coentros frescos
  • gotas de molho picante (por exemplo, molho tabasco)
  • pão fatiado para torradas

 

Preparação:

  • Escolha bifes de atum de uma peixaria da sua confiança, onde considere que o peixe é bem fresco ou, em caso de dúvida, opte por bifes de atum congelados. Nesse caso, deixe-os descongelar previamente no frigorífico ou, para uma descongelação rápida, descongele-os sob água fria, fechados na sua embalagem de plástico, e prepare-os assim que estiverem descongelados.
  • Corte os bifes de atum em cubos e coloque-os numa taça. Adicione gengibre ralado a gosto, 1 colher de sopa de azeite, 1 colher de café de flor de sal, algumas gotas de molho picante, 1 colher de sopa de cebola roxa picada e coentros frescos picados. Misture bem, retifique temperos caso seja necessário e reserve.
  • Corte a manga e meio pepino também em cubos e junte-os ao preparado anterior, envolvendo bem.
  • Com a ajuda de um aro/forma próprio(a) para empratar, coloque o tártaro no centro de um prato (se não tiver, pode usar, por exemplo, uma taça).
  • Acompanhe com pão torrado.

 

AirBrush_20180722195105.jpg

 

Sabia que?

Os tártaros são uma ótima forma de consumir pescado. A combinação com hortícolas, fruta e plantas aromáticas, bem como a utilização de pouco sal e gordura, tornam-nos numa refeição leve, saudável, equilibrada, nutritiva e repleta de sabor!

 

Dom | 08.07.18

Puré de maçã merengado

 

melhorada.jpg

 

Quando escrevi a receita do leite-creme light, referi que em breve publicaria uma forma deliciosa de aproveitar as claras que sobram. Ei-la: um puré de maçã merengado, com apenas 1 colher de açúcar adicionado, uma sobremesa que pode ser feita em simultâneo com o leite-creme ou noutra ocasião, desde que se congelem as claras.

 

Ingredientes (para 4-6 pessoas):

  • 4-5 maçãs reineta grandes
  • 2 paus de canela
  • sumo de limão
  • 2-3 colheres de sopa de água
  • 3-4 claras de ovo
  • 1 colher de sopa de açúcar mascavado não muito cheia (12-15g)

 

Preparação:

  • Caso tenha as claras congeladas, deixe-as descongelar previamente no frigorífico durante algumas horas. Para uma descongelação mais rápida, poderá mantê-las num recipiente bem fechado sob água fria corrente até que descongelem e depois de descongeladas deve utilizá-las de imediato.
  • Num tacho, coloque as maçãs descascadas e cortadas em pedaços, 2 paus de canela e algumas gotas de sumo de limão. Acrescente 2-3 colheres de sopa de água. Leve depois a lume brando com o tacho tapado e deixe cozinhar até que as maçãs fiquem macias.
  • Depois de macias, remova os paus de canela e transforme as maçãs em puré com a varinha mágica. Reserve.
  • Bata as claras em castelo. Quando estiverem bem firmes junte 1 colher de sopa de açúcar mascavado e torne a bater para misturar.
  • Disponha o puré de maçã num tabuleiro/forma de ir ao forno (o formato é indiferente), espalhe as claras por cima e leve ao forno, previamente aquecido a 180ºC, durante breves minutos até as claras dourarem.
  • Poderá servir a sobremesa ainda morna ou fria, depois de conservada no frigorífico.

 

melhorada 2.jpg

 

Sabia que?

O açúcar mascavado é um açúcar não refinado, o primeiro a ser extraído do suco da cana, apresentando uma cor castanha e um aroma peculiar devido ao elevado teor de melaço, substância líquida existente na cana-de-açúcar, rica em minerais como cálcio, ferro, magnésio e potássio*. Portanto, comparativamente ao açúcar branco, que é obtido através de um longo processo de refinação, o açúcar mascavado apresenta um maior teor de minerais. No entanto, não deixa de ser açúcar, e o seu valor calórico é apenas ligeiramente inferior ao do açúcar branco: 380kcal/100g** face a 397kcal/100g no caso do açúcar branco***. Assim, deve ser consumido com muita moderação, à semelhança de todos os outros tipos de açúcar.

 

Fontes:

* O açúcar mascavado é preferível ao açúcar branco? Rota da Saúde, Lusíadas

** USDA Food Composition Databases

*** PortFIR, Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge