Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Inês Aires | Nutricionista

Inês Aires | Nutricionista

Dom | 24.05.20

Tarteletes de abóbora e pêra

Tarteletes 2 - Inês Aires.jpg

 

Na minha busca por sobremesas e doces saudáveis (isto é, com baixo teor de açúcar e de gordura adicionados), esta foi mais uma experiência bem sucedida.

As tarleteles de abóbora e pêra têm apenas o açúcar naturalmente presente nestes alimentos (especialmente na pêra) e são ricas em fibra, vitaminas e minerais!

 

Ingredientes (para 12 tarteletes):

  • 450g de abóbora limpa (aproximadamente)
  • 2 pêras
  • 1 pau de canela
  • 2 ovos
  • 2 chávenas de chá de flocos de aveia finos
  • 15g de manteiga à temperatura ambiente
  • nozes ou sementes de abóbora/girassol

 

Preparação:

  • Corte a abóbora e as pêras aos pedaços e coloque-as numa panela, juntamente com o pau de canela e 1 colher de sopa de água. Deixe cozer lentamente em lume muito brando, com a panela tapada e mexendo de vez em quando, até que a abóbora e a pêra se desfaçam sem dificudade com a colher.
  • Retire o pau de canela e triture com a varinha mágica, por forma a criar um puré homogéneo. 
  • Leve novamente ao lume para retirar o excesso de água. Por fim, deixe arrefecer arrefecer ou, pelo menos, amornar.
  • Num prato fundo ou numa taça, bata os ovos com um garfo. Junte a manteiga em pedaços e os flocos de aveia e misture bem.
  • Forre formas de queque com papel vegetal e revista-as de seguida com pequenas porções de massa de flocos de aveia, calcando com os dedos no fundo e dos lados.
  • Leve a base das tarteletes a forno médio (175ºC) durante 15 minutos.
  • Por fim, já fora do forno, recheie as tarteletes com o doce de abóbora e pêra e acescente por cima nozes partidas ou, em alternativa, sementes de abóbora ou de girassol.

 

Nota: Se sobrar doce, pode usá-lo, por exemplo, para barrar o pão ou como topping de um iogurte natural!

 

Tarteletes 3 - Inês Aires.jpg

 

Sabia que?

A abóbora é abundante em antioxidantes como os carotenóides, precursores da vitamina A, e ainda fonte de vitamina C e de potássio. Apesar do seu sabor levemente adocicado, apenas contém cerca de 1g de açúcar por 100g. Tendo a abóbora tanto interesse nutricional e sendo bastante versátil, faz todo o sentido tirar partido deste alimento tradicional da culinária portuguesa.

 

Fontes: 

Nutrimento, Direção-Geral da Saúde

PortFIR, Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.